vivadança 2019 > mostra baiana de dança contemporânea

mostra baiana de dança contemporânea 2019

Neste ano, a Mostra Baiana de Dança Contemporânea completa cinco anos reafirmando este espaço dentro do VIVADANÇA de apresentar em sua programação espetáculos prontos para circular e se internacionalizar. É, portanto, um espaço de destaque para apreciação do público local, bem como um meio de aproximar estas produções a curadores e diretores de festivais nacionais e internacionais que acompanham a programação do VIVADANÇA. Em conjunto com a Rodada de Negócios, a Mostra vem promovendo a circulação da dança baiana em diversos estados do Brasil. 

 

Este panorama da recente produção baiana em dança contemporânea recebe em 2019 os espetáculos: “Debaixo D’Água”, do Coletivo Trippé; “Ex-Passo”, da União Instável Produções; e “Kilezuuuummmm”, de Edu O e João Rafael Neto. Foram também convidados os espetáculos  “Aroeira – Com quantos nós se faz uma árvore”, de Cristina Castro com o  Balé Jovem de Salvador;  e “Atlântico”, solo de Paullo Fonseca, do Balé Teatro Castro Alves.

Confira as informações sobre os espetáculos

EX-PASSO

Performance coreográfica itinerante que parte do encontro entre quatro intérpretes-criadores, suas experiências, pernas-de-pau e o Mar. Sobre a areia da praia os performers conduzem o público no espaço, ora sugerindo imagens aos seus olhares, ora provocando movimentos que torna cada espectador em mais um elemento que compõe a obra. Do olhar do espectador para a conexão entre todos os elementos é que nascem os signos e se formam uma poética, temas e imagens.

ficha técnica

Direção e Concepção Coreográfica: Claudio Machado Criação colaborativa com os Intérpretes Criadores: Clara Garcia, Claudio Machado, João Rafael Neto e Matias Santiago Assistência de Criação: Clara Garcia Música Original: Jarbas Bittencourt Iluminação: Fred Alvin Figurino: Rino Carvalho Produção: Ramona Gayão Designer e imagens de divulgação: Luisa Caria Assessoria de Comunicação: Biz Comunicação Realização: União Instável Criações

SOBRE União Instável Criações

Núcleo de criação e produção artístico-cultural formado em 2016 pelos artistas Clara Garcia (Espanha) e Claudio Machado (Brasil) que busca promover e criar utilizando múltiplas linguagens artísticas estimulando a circulação de obras e a conexão entre países e artistas. Desta União nasceu “Don’t Leave”; (2016) em parceria com Lucas Tanajura e sob a direção coreográfica de Aleksandra Scibor (Polônia); Porto Brasil (2017 e 2018), uma mostra anual de arte e cultura brasileiras dentro da programação do Sommerwerft Internationales Theater Festival am Fluss (Alemanha); “Jo” (2018), solo em processo com Clara Garcia e e Ex-passo (2018) ambos sob direção de Claudio Machado. Atualmente em processo de Criação do espetáculo “Velosidade Máxima 4” em parceria com Território Sirius, Voo Audiovisual e Digital Films.

CONTATO: contato@niicolab.com

AROEIRA

A memória como uma ilha de edição é o conceito central do espetáculo de dança “Aroeira – com quantos nós se faz uma árvore”. Idealizado pela coreógrafa Cristina Castro, foi montado originalmente há 12 anos para a então companhia de Cristina, o Viladança. Em 2019 é o Balé Jovem de Salvador (BJS) que assume a interpretação. Aroeira, essa árvore tão resistente e que vive tanto tempo acumulando camadas (seus nós) é a metáfora para as discussões sobre memória e tempo que a dramaturgia coreográfica pretende discutir.

ficha técnica

Argumento, Direção e Coreografia: Cristina Castro Assistência de Coreografia: Matias Santiago Animações: Diogo Kalil, Franck Falgueyrac, Ian Sampaio Iluminação: Fábio Espírito Santo Montagem e operação de luz: Marcos Dedé Montagem de som: Gabriel Franco Operação de Som/Vídeo: Rafael Grilo Cenografia: Lorena Torres Peixoto, Cristina Castro e Fritz Gutmann (consultoria). Figurino: Luiz Santana Consultores para a Dramaturgia: Sérgio Rivero e Fábio Espírito Santo Elenco – Balé Jovem de Salvador: Dayana Brito, Flávia Rodrigues / Luiza Agra, Igor Vogada, Lukas DiJesus, Ruan Wills, Wendel Lima Produção: Bergson Nunes / Baobá Produções Artísticas Comunicação: Maia Comunicação e Teatro Vila Velha Realização: Núcleo Viladança / Teatro Vila Velha e Balé Jovem de Salvador

SOBRE Balé Jovem de Salvador

Criada em 2007 pelo bailarino e coreógrafo Matias Santiago, a companhia de dança Balé Jovem de Salvador é uma das poucas iniciativas da Bahia que visam a formação artística e profissional do bailarino e a composição de seu portfólio. O BJS tem como fim preparar seus jovens bailarinos para ingressar no mercado profissional de dança, em grandes companhias brasileiras e estrangeiras, grupos locais e coletivos artísticos. Com essa proposta, o Balé Jovem de Salvador também desponta como um catalizador da profissionalização do mercado local de dança, descobrindo e preparando novos talentos, promovendo intercâmbio e residências artísticas com outras companhias. Seu repertório reflete, por meio da dança contemporânea, as vivências e impressões dos coreógrafos e do elenco acerca dos aspectos da cidade em que vivem e as relações existentes entre o intérprete, o criador e seu ambiente.

CONTATO:

ATLÂNTICO

Metaforicamente falando, a Diáspora Africana está imersa em nosso imenso Oceano Atlântico. A obra artística abre portas diversas de diálogos, na qual, o autor, e também intérprete, foca sua pesquisa corporal fundamentando-se em suas experiências e vivências de vida pessoal e profissional de dança, colocando-se como sujeito de sua própria história e reencontro com as suas referências identitárias pessoal e familiar enquanto artista negro brasileiro.

ficha técnica

Autor e Intérprete: Paullo Fonseca
Assistência Artística: Agnaldo Fonseca

SOBRE Paullo Fonseca

Brasileiro, nascido em Salvador/BA. Artista da dança – Interprete – criador, professor, coreógrafo e pesquisador. Atuou em diversas Companhias de Dança da Bahia, integrando-se ao Balé Teatro Castro Alves desde 1981, além de ter sido assistente de coreografia, coreografo e Diretor Artístico. Na contemporaneidade vem ampliando o seu espaço de atuações em Universidades, Seminários, Exposições, Rodas de diálogos e Festivais.

CONTATO:

KILEZUUUUUMMM

Kilezuuummmm é uma livre inspiração do conto “do amor de um pássaro por um lagarto”, do autor e ator Gero Camilo, e traz reflexões poéticas suscitadas na história como amor, entrega, desejo, respeito a diferença e as restrições impostas socialmente sobre as múltiplas possibilidades de afeto. Os encontros entre Kilezum e Airerê são influenciados coreograficamente em danças da cultura popular, como o Coco de Roda e o Cavalo Marinho. Além destes ritmos, Kilezuuummmm traz o samba de pareia, o xaxado, entre outros. Subvertendo a lógica da “bipedia” tão forte na dança e nessas Danças, Kilezuuummmm traz esses rtitmos para uma dança com as mãos.

SOBRE os artistas

Thiago Cohen é artista da dança. Integra a Deslimites, Mediações Artísticas e atualmente faz a gestão da ocupação Casa Rosada Barris.

Edu O. Artista, Professor da Escola de Dança da UFBA. Diretor, Dançarino e coreógrafo do Grupo X de Improvisação em Dança. Desde 2004, participa do intercâmbio cultural Euphorico, uma produção do Grupo X junto à Cie Artmacadam/França.

João Rafael Neto é bailarino, coreógrafo, tem conhecimento em diferentes estéticas de dança (Ballet Clássico, Dança Moderna, Contemporânea e Popular Pernambucana), esportes de ação, em Audiovisual e é artista integrante do coletivo Nii Colaboratório.

ficha técnica

Concepção e Idealização do projeto: Edu O. e João Rafael Neto Direção e Dramaturgia: Thiago Cohen Intérpretes-Criadores: Edu O. e João Rafael Neto Colaboradora Corporal: Isis Carla Cenário: Criação Coletiva Kilezuuummmmm Coordenação de cenografia: Maurício Pedrosa Cenógrafo Associado: Adriano Passos Assistente de cenografia: Otávio Correia Cenotécnicos: Romildo Alves (Bido), Clásio Vieira (Tomate), George Santana Bombeiros/Técnicos de Segurança do Trabalho: Carlos Barbosa e Leandro Aleluia Figurino: Rino Carvalho Assistência de Figurino e Costura: Angélica Paixão Luz: Márcio Nonato Operação de Luz: Diego Solon Trilha Sonora: Caio Macário, Emilie Lesbros, Pedro Filho e Vinicius de Souza Registro Audiovisual: Olho de Vidro Produções Fotografia: Aldren Lincoln e Alice Rodrigues Design Gráfico: William Gomes Redes Sociais: Thiago Cohen Audiodescritores: Ira Vilaronga e Juniro Almeida Produção: Inah Irenam Assistentes de Produção: Claudiana Honório, Lucas Mahacri e Rafael Almeida

CONTATO:

DEBAIXO D’ÁGUA

Um convite a mergulhar em um mundo de aventuras, Debaixo D’Água reúne as peripécias de quatro brincantes que dão vida a objetos inanimados. Baldes, garrafas e sacolas viram animais aquáticos e outros despropósitos, em um jogo onde o mais importante é estar junto. Aqui, dança-se a água, sua importância e sua falta, dança-se com suas histórias e seus problemas para que o olhar da criança se atente para suas belezas.

ficha técnica

Direção e dramaturgia: Adriano Alves Criação coreográfica e bailarinos: Júlia Gondim, Rafaedna Brito, Adriano Alves e Wagner Damasceno Direção musical: Roquildes Junior Preparação do elenco e música tema: Fernanda Luz Iluminação: Carlos Tiago Figurinos: Diego Ravelly Confecção de figurinos: Tia Nubis Cenário: Adriano Alves Colaboração criativa e execução de sonoplastia: Regiane Nascimento Produção: Nilzete Miranda.

SOBRE Coletivo Trippé

O coletivo Trippé é um espaço que une desejos em comum, vontade de ser cena e afetividade entre corpos. Criado em 2011 com a união de novos criadores do forte movimento que transborda na ribeira do São Francisco, além de espetáculos. Também vem investindo em projetos de pesquisa, produção de mostras e experimentações nas áreas de intervenções e performances.

CONTATO:

O VIVADANÇA é um espaço de celebração da dança e da diversidade em movimento. Ao longo de 13 anos de história, o festival coloca a Bahia na rota de eventos calendarizados promovendo ricos diálogos e intercâmbios culturais.

O VIVADANÇA é um espaço de celebração da dança e da diversidade em movimento. Ao longo de 13 anos de história, o festival coloca a Bahia na rota de eventos calendarizados promovendo ricos diálogos e intercâmbios culturais.

2021 – Vivadança Festival Internacional